Obesidade é uma doença crônica, que afeta um grande número de pessoas ao redor do mundo. Contudo, ter uma rotina alimentar saudável e praticar exercícios físicos podem contribuir como prevenção e tratamento. Confira cinco coisas que você precisa saber sobre o assunto.

1 – A obesidade é caracterizada pelo acúmulo de gordura corporal e pode acarretar graves problemas de saúde e levar até à morte. Segundo dados da pesquisa Vigitel, do ano passado, 18,9 dos brasileiros estão obesos.

2- Pode, também, mexer com fatores psicológicos, acarretando diminuição da autoestima e depressão.

3 – É fator de risco para uma série de doenças. O obeso tem mais propensão a desenvolver problemas como hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, além de problemas físicos como artrose, pedra na vesícula, artrite, cansaço, refluxo esofágico, tumores de intestino e de vesícula.

4-  De acordo com o cálculo do IMC, pode-se classificar o grau de obesidade do paciente em: obesidade leve (classe 1 – IMC 30 a 34,9 kg/m2), moderada (classe 2 – IMC 35 a 39,9 kg/m2) e grave ou mórbida (classe 3 – IMC ≥ 40 kg/m2). Essa classificação é importante na escolha do tipo de tratamento, quando deve ser clínico ou cirúrgico.

5- A prevenção contra a obesidade passa pela conscientização da importância da atividade física e da alimentação adequada. O estilo de vida sedentário, as refeições com poucos vegetais e frutas, além do excesso de alimentos ricos em gordura e açúcar precipitam o aumento do número de pessoas obesas, em todas as faixas etárias, inclusive crianças.

Obesidade será um dos temas do Simpósio de Diabetes, Obesidade e Metabolismo (SIDOM 2018). O evento acontece nos dias 26 e 27 de outubro, no Windsor Barra Hotel, com a coordenação dos doutores Alexandre Benchimol e Walmir Coutinho.

Consultoria: Dra. Maria Edna de Melo, presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO).

#Obesidade #Diabetes #SIDOM2018