O uso inadequado da testosterona no sexo feminino e quais os efeitos colaterais para a saúde da paciente estão entre os temas que serão apresentados, durante a realização da palestra “Reposição de Testosterona na Mulher”, pela Dra. Karen Marca, no Simpósio de Diabetes, Obesidade e Metabolismo (SIDOM). Ela é endocrinologista e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

Entre os tópicos que serão comentados durante a palestra está a necessidade dos especialistas optarem pela reposição da testosterona.“Abordaremos o porquê dos profissionais prescreverem para as mulheres; a maneira que essa questão é avaliada nos laboratórios; e os efeitos adversos e os riscos que podem trazer para a saúde feminina”, explicou.

A mídia, com os respaldos das sociedades científicas, denunciou algumas vezes o uso inadequado de hormônios. Para a Dra. Karen, é importante levantar esses assuntos em eventos médicos como um alerta para os endocrinologistas. “Durante as nossas aulas em congressos buscamos sempre falar sobre o abuso do uso da testosterona por meio de outros profissionais. Nosso intuito é chamar a atenção sobre essa questão, principalmente, por causa das prescrições”, comentou.

A especialista também pontuou a necessidade dos endocrinologistas conhecerem  o posicionamento das entidades médicas em relação ao tema.“Falaremos sobre as dosagens laboratoriais de andrógenos na mulher, a indicação clínica da testosterona e a importância de ter conhecimento do posicionamento da Endocrine Society e da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) sobre o assunto”.

O SIDOM acontece nos dias 26 e 27 de outubro, no Windsor Barra Hotel, na Barra da Tijuca, e é coordenado pelos doutores  Alexander Benchimol e Walmir Coutinho. A Dra. Karen Marca convida os endocrinologistas para o evento. “Gostaria de contar com a presença dos colegas para debatermos juntos sobre a reposição da testosterona na mulher, e trocarmos nossos pontos de vista sobre o assunto”, finalizou.